Brand sense

Uma das coisas que cercam melhor as marcas que fazem sucesso são as sensações que elas promovem aos seus consumidores. E quando se fala de sensações em marketing e publicidade, tem de necessariamente levar em consideração a memória afetiva.

Como fazer a sua marca proporcionar uma experiência sensitiva no seu consumidor através da memória afetiva?

Para sua marca marcar – com o perdão do trocadilho – é necessário ela atuar no cliente através dos cinco sentidos dele: visão, audição, olfato, tato e paladar.

A função do Brand Sense é fidelizar o público através da experiência que ele tem ao ser atingido pelos sentidos. Algumas marcas atuam por alguns deles, outras atuam por todos – o que é muito eficiente. Mas uma coisa é fato: sua marca tem que promover uma sensação marcante!

Separamos para você uma explicação de cada um dos exemplos de branding marketing e exemplos de marcas e serviços de sucesso que os utilizam.

PALADAR

O paladar trabalha com o gosto universal das pessoas por comer e beber, o que é uma ótima estratégia de Branding Marketing se for bem feita. É interessante você mostrar ao cliente através do paladar que tratá-lo bem faz parte do seu valor e não de um objetivo agressivo de fazer com que ele consuma.

Por isso muitas lojas oferecem bebidas alcoólicas, bolos, doces e petiscos para os seus clientes sem ser de uma maneira forçada ou exagerada.

Um exemplo interessante dessa estratégia de branding marketing é muito visível em salões de beleza e barbearias pois muitos oferecem aos seus clientes comidas gostosas como bolos e pães, além do tradicional café. Até cerveja (mais comum em barbearias) e champagne (mais comum em salões) para proporcionar ao cliente uma experiência mais relaxante, fiel e marcante.

OLFATO

Nosso sistema olfativo é capaz de distinguir até um trilhão de aromas e ainda tem uma relação muito forte com o emocional humano, pois muitos cheiros geram prazer, nostalgia, entre outras sensações, dependendo do perfume que sentimos – e o brand sense se aproveita disso!

Em shoppings, por exemplo, é muito comum lojas tentarem atrair pessoas que estão pelos corredores através do cheiro que soltam pela vitrine. Algumas grifes também usam uma fragrância especial em suas roupas para marcarem o cliente. Há também a estratégia da embalagem, que quando aberta, solte um perfume que identifique aquela marca.

Um caso de marketing sensitivo olfativo de sucesso está na zona leste de São Paulo, mais especificamente na Vila Prudente. A padaria CEPAM que fica localizado no mesmo local da fábrica da Village. A panificadora e fábrica, nos meses de outubro, novembro e dezembro, soltam um cheiro único e sem igual, doce, de panetone, possível de sentir a muitos metros de distância do lugar e impossível de não sentir se você passar de carro, ônibus ou a pé, fazendo muitas pessoas passarem por lá nesta época para comprar os panetones e também curtir a padaria que possui um vasto cardápio.

AUDIÇÃO

A audição é tanto marcante como acolhedora e muitas marcas se aproveitam disso. Com certeza você tem um som que te faça lembrar da sua infância ou aquela música que te lembra alguém – e a publicidade sabe se aproveitar de todos os atributos que nossos ouvidos podem oferecer.

Há marcas que utilizam o som como forma de serem originais, como de produtos digitais Intel, por exemplo, e há também as que utilizam a música como “ambientação” – como a cafeteria Starbucks.

Você com certeza nunca entrou em uma loja da marca e ouviu uma música super agitada. Existe uma enorme variedade de estilos que tocam que podem ir do hip-hop ao jazz, mas as músicas tem perfis parecidos: são relaxantes, remetem à conforto e colaboram com o ambiente que deseja que você relaxe e gaste tempo nele. Casando-se com tudo que a marca deseja propor quando você está nela e quando sente o sabor dos seus produtos – é genial.

TATO

O tato faz parte do design do produto e se inclui tudo: peso, textura, tamanho, entre outros elementos que remetam à sutileza do toque. Sabe quando você compra um produto e a caixa é tão interessante que você tem até dó de jogar fora? É o marketing de sensações proposto pelo tato. Você gostar de manusear, abrir e tocar a embalagem faz parte da experiência que a marca quer que você viva!

A grife brasileira Dudalina é uma das que usam com eficácia o poder do tato no seu branding marketing. O tecido das roupas é sedoso e absolutamente agradável de passar as mãos, a textura da embalagem remete ao garbo e a elegância que a marca deseja passar ao cliente e faz com que seus produtos ganhem mais valor.

VISÃO

Quando dizem que nós primeiro comemos com os olhos e depois com a boca estão falando um fato. O produto não basta ser bom, ele tem que se vender bem, de forma bonita e com a identidade visual que remeta aos valores e intenções da marca, além de valorizar o produto.

Muitas empresas investem na beleza do visual mas esquecem da sensação marcante que ela pode provocar, lembrando que a visão é um dos primeiros contatos que temos com a marca e a primeira impressão ser positiva é importante.

A Saraiva, por exemplo, centenária livraria brasileira, possui um marketing sensorial visual que tem uma proposta de atrair o cliente para a loja e fazer ele se sentir confortável para gastar seu tempo lendo e transitando pelas prateleiras, utilizando como base para isso a sua decoração. A maioria dos ambientes das lojas possuem luzes amareladas que não cansam os olhos, o tapete é marrom e combina com a cor das prateleiras de madeira, sendo uma cor também que junto do amarelo cria a sensação de aconchego, os vendedores são fáceis de identificar e não são perturbantes, então você ao vê-los não sente a necessidade de se “proteger”, caso você só esteja olhando os produtos sem a intenção de comprá-los, e não queira sair pela tangente. Não é por acaso que é uma das grandes livrarias do Brasil – você enxerga lá tudo o que ela deseja que você veja.

Rua Lisboa, 463 • Pinheiros • CEP 05413-000 • São Paulo | SP • Tel 3881 0828 | 3853 VILA